Santo do dia

Santo Inácio de Antioquia

17 de Outubro de 2018

A metrópole da Síria, Antioquia, terceira em ordem de grandeza do vasto Império Romano, teve como primeiro bispo o Apóstolo Pedro, ao qual sucederam Evódio e Inácio, o Teóforo, o que traz Deus, como ele mesmo gostava de ser chamado.

Coração ardente (o nome Inácio deriva de ignis = fogo), ele é lembrado, sobretudo, pelas expressões de intenso amor a Cristo, por ele escritas durante a viagem de Antioquia a Roma, para onde ia como prisioneiro, vítima da perseguição de Trajano (98-117).

Foi trazido acorrentado a Roma, onde terminou os seus dias na arena, devorado pelas feras selvagens. Muitas comunidades cristãs nas cidades por onde passou se desdobravam para evitar-lhe a pena capital, mas Inácio implorou: “deixem-me ser a comida das feras, pelas quais me será dado saborear Deus.

Eu sou o trigo de Deus. Tenho de ser triturado pelos dentes das feras, para tornar-me um pão puro de Cristo”. As suas palavras inflamadas de amor a Cristo e à Igreja estão nas suas palavras: “Onde está o bispo, aí está a comunidade, assim como onde está Cristo Jesus, aí está a Igreja Católica”, escreve na carta endereçada ao então jovem bispo de Esmirna, são Policarpo. As expressões Igreja Católica e Cristianismo são neologismos atribuídos a ele.

Santo Inácio de Antioquia, rogai por nós!