Santo do dia

Santa Teresa de Jesus

15 de Outubro de 2018

Teresa de Ávila, guiada por Deus por meio de colóquios místicos e por seu colaborador e conselheiro espiritual São João da Cruz, empreendeu, aos quarenta anos, uma missão que tem algo de incrível para uma mulher: a reforma de muitos mosteiros carmelitas e a fundação de numerosas fundações, enfrentando muitas ressistências e hostilidades por parte de mosteiros frouxos, que não quiseram aceitar a reforma.

Com sua saúde debilitada, pôs-se a caminho num velho carro de boi, a ponto de dizer um dia a Jesus: “Senhor, por isso tem tão poucos amigos, porque os trata deste jeito!” Manteve correspondência epistolar com o próprio rei Filipe II da Espanha e com os personagens mais ilustres da época. Dizia: “Teresa sem a graça de Deus é uma pobre mulher; com a graça de Deus, uma força; com a graça de Deus e muito dinheiro, uma potência”. Desde a meninice manifestou um temperamente exuberante (aos sete anos havia fugido de casa para procurar o martírio na África).

Durante graves doenças começou a viver algumas experiências místicas dando-lhe a percepção da presença de Deus e a experiência de fenômenos místicos descritos por ela, mais tarde, nos seus livros: O Caminho da Perfeição, Pensamentos sobre o Amor de Deus, O Castelo Interior.
Morreu na noite de 15 de outubro de 1582, sendo proclamada santa em 1622; em 1970, recebeu o título de doutora da Igreja pelo papa Paulo VI.

Santa Teresa de Jesus, rogai por nós!