Santo do dia

Martírio de São João Batista

29 de Agosto de 2018

Depois de celebrar a 24 de junho o alegre nascimento de São João Batista na terra, a Santa Igreja honra hoje o seu nascimento para o céu.

Depois de Nosso Senhor e da Virgem Santíssima, é o único santo cujos nascimento e morte são festejados. João, o Precursor, que vivera 30 anos no deserto e que lá florescera como a palma, e como o cedro do Líbano se elevou, teve a coragem de dizer ao rei Herodes: “Não te é lícito ter a mulher de teu irmão!” Por esta palavra, Herodíades quis fazê-lo morrer. Por ocasião da festa de aniversário de Herodes, a filha de Herodíades, Salomé, dançou e levou o rei a esta promessa: “Tudo o que me pedires, to darei, ainda que seja metade do meu reino.”

Quando Salomé perguntou à mãe o que deveria pedir, Herodíades disse : “A cabeça de João Batista”. O rei ficou triste; mas mandou um guarda degolar João no cárcere. Este trouxe a cabeça de João num prato e a deu à moça, e a moça a entregou a sua mãe.

O Evangelho termina: “Tendo ouvido isto, os seus discípulos foram e tomaram o seu corpo e o depuseram num sepulcro”. São João Batista: o último profeta e o primeiro apóstolo, deu a vida pela sua missão – diríamos também hoje: pela integridade do matrimônio – e por isso é venerado na Igreja como mártir.

São João Batista, rogai por nós!