Santo do dia

Madre Paulina

09 de Julho de 2019

É uma Santa do nosso tempo. A primeira Santa Brasileira, Amabile Lúcia Visintainer, imigrante italiana, veio com 9 anos para o Brasil, para Nova Trento, no Estado de Santa Catarina, onde viveu e se tornou um importante referencial de turismo religioso no Estado de Santa Catarina. Vígolo, onde foi proclamada Santa, é hoje um santuário muito visitado.

No ano de 1918, Santa Paulina é chamada a viver na Casa Geral da Congregação que fundou e onde testemunha uma vida de humildade e santidade em meio a grande sofrimento; e ajuda na elaboração da história da Congregação e no resgate do Carisma.

Um exemplo: o seu “caráter forte” e dinâmico, fizeram dela uma mulher eminentemente “ATIVA”. Sua colega, Irmã Walburga, atesta que “faltando-lhe o braço direito, para fazer a corrente de arame dos terços, MADRE PAULINA se ajudava com a boca e assim estava “sempre ocupada sem perder jamais um minuto de tempo”. Falou pouco, mas prodigiosamente empolgou, para Cristo, dezenas de jovens que, a seguiram no ideal de vida. Escolheu seu nome religioso “Paulina do Coração Agonizante de Jesus”.

Santa Madre Paulina, rogai por nós!